AppImage no Linux

#1

Appimage assim como Flatpak’s e Snap’s, são programas que rodam de maneira “independente” das libs do sistema, sem necessidade de instalação do programa em si, é baixar, dar permissão e rodar!

Appimage contém todas libs necessárias ou que o empacotador do App em questão, julga necessário para o programa funcionar corretamente.

Você encontra appimage’s nos sites de alguns programas como Kdenlive:

Existe também o AppimageHub que basicamente distribui programas de forma “upstream” em formato de loja (atualmente a pesquisa não funciona)

No caso estarei baixando o Shotcut (editor de vídeos)

[caption id=“attachment_346” align=“alignnone” width=“1094”]

clique em download[/caption]

[caption id=“attachment_347” align=“alignnone” width=“1102”]

neste caso direcionou para o github o Shotcut onde irá clicar no “.Appimage”[/caption]

[caption id=“attachment_349” align=“alignnone” width=“1100”]

é exatamente o mesmo encontrado no site do Shotcut[/caption]

[caption id=“attachment_350” align=“alignnone” width=“1170”]

após baixar, no seu gerenciador de arquivos clique com direito e “propriedades”[/caption]

[caption id=“attachment_351” align=“alignnone” width=“1169”]

agora em permissões e marque “Permitir que este arquivo execute como um programa” e fechar[/caption]

[caption id=“attachment_352” align=“alignnone” width=“1170”]

agora é só executar normalmente com duplo clique ou botão direito e executar[/caption]

[caption id=“attachment_353” align=“alignnone” width=“1809”]

Shotcut[/caption]

obs: não são todos apps que criam atalhos automaticamente no menu do sistema.

3 Likes

#2

AppImage é fantástico, digo pelo Kdenlive que antes, era todo cheio de bugs, com as dependências em um único pacote, o software ficou bem mais estável.

1 Like

#3

Gosto muito do AppImage, uso muito o Rambox nesse formato e não tenho do que reclamar

0 Likes

#4

Habitualmente, eu baixo programas nesse formato, descompacto e crio um pacote deb pra instalar no sistema, fiz isso com o Shotcut, inclusive.

Mas dos formatos all-in-one, eu acho o AppImage o mais bacana.

0 Likes

#5

@rauldipeas Faz um post ensinando a fazer isso

0 Likes

#6

Vou pensar na ideia, não é um procedimento muito simples, requer um pouco mais de conhecimento na estrutura dos formatos de pacote.

Se eu conseguir sintetizar a ideia de forma simples, com fácil compreensão, eu posto.

3 Likes

#7

Só um detalhe, os AppImage carregam liibs do sistema ele não é independente como os Flatpaks e Snaps, toda a mágica acontece porque um arquio chamado AppRun permite o sistema carregar libs e arquivos que não estão no /lib ou no /usr

0 Likes