Análise pretenciosa do Linuxfx no site Distrowatch.com?

Olá Linux Users! Recebi alguns e-mails de usuários do Linuxfx falando sobre uma análise feita da distribuição no Distrowatch, que tem alguns erros, que aparentemente foram inseridos propositalmente. Entrei em contato com eles para possível correção, e obtive respostas meio genéricas. Vou postar o link das análises e os erros que notei:

Análise:

Erros:
1 - Na análise eles dizem ter testado a versão 10.6 do Linuxfx, e em determinado momento, dizem que a assistente pessoal não faz nada. Postaram umas fotos da tela com a assistente, e uma breve descrição sobre seus recursos. O problema é que à partir da versão 10.6 do Linuxfx, a assistente é baseada na tecologia do google assistant, e claramente a foto é de uma versão anterior da assistente. Ou seja, eles disseram testar a última versão, e pelo conteúdo da análise, realmente testaram a versão 10.6 mas omitiram o funcionamento dos recursos da assistente 10.6 e pior, colocaram uma foto da assistente de versões anteriores, que realmente não possui os novos recursos!!?!?!

2 - Eles citam que o Linuxfx é uma versão paga, o que na realidade não é. Tem uma edição especial criada para empresas que o usuário pode pagar o que quiser, mas se manteve a versão free do Linuxfx. O interessante é que logo após essa análise, alguns youtubers fizeram o review da versão free (grátis) do Linuxfx. Segue os links:


(só da pra por 2 links, pois sou usuário novo)

Pela data do review dos youtubers, pode se notar que estão a utilizar a versão free do sistema. Por que eles citam que o Linuxfx agora é pago?!?!!

3 - Eles estão fervorosamente a oferecer outras distros para o usuário baixar no lugar do Linuxfx nesta análise! Por que? não é uma review do Linuxfx?

Gostaria de saber a opinião de vocês sobre esse site, pois particulamente, acredito que eles estão tentando desmerecer o Linuxfx ou até mesmo que eles tem outros interesses que não sejam transparentes com a comunidade. Em fim, deixo também aberto aqui a possibilidade do teste da versão 10.6 do Linuxfx, apesar que pelos reviews dos próprios youtubers de outros países, pode se ver claramente que tem algo errado com o distrowatch, e fico aberto a opiniões mais experientes sobre esse site e as intenções do mesmo.

2 Curtidas

Olá @rafael_linuxfx tudo beleza?

Entendo que qualquer desinformação sobre o seu produto deve ser algo bastante irritante, mas penso que os melhores caminhos neste caso são: deixar alguns comentários citando os erros no “review” e comunicar o canal (que você já fez). É muito difícil conseguir que qualquer reviewer se retrate, uma vez que é uma estratégia bem comum semear algumas tretas para forçar um engajamento.

Siga fazendo o que você acredita e divulgando seu projeto de forma transparente. Infelizmente, sempre vai ter quem critique ou simplesmente fale qualquer coisa sem fundamento.

:vulcan_salute:t2:

P.s.: uma estratégia que eu uso é NUNCA compartilhar links ou engajar com conteúdo que eu discorde muito fortemente, pelo simples motivo que isso atrai atenção para o conteúdo o que pode acabar fortalecendo ele no final das contas. :wink:

5 Curtidas

@rafael_linuxfx a realidade é que alguns “analisadores” propositalmente cometem erros para que as pessoas também testem e venham a reportar sua experiência, justamente para, como disse o @eddiecsilva, gerar engajamento.

Esse é UM dos problemas do mundo Linux: a liberdade gera uma enorme quantidade de distros, remasters, derivados e ReFiSeFuQuis. Com isso, quando um pessoal mais tendencioso, se é que posso chamar assim, dará sugestão de outra distro que prefere.

Em meu canal, evito sugerir que os usuários deem preferência a algo que “EU PREFIRO”. Vc pode ver que na review que fiz do Ubuntu DDE, apenas deixo claro os problemas dessa ReFiSeFuQui, mas sem dizer nem mesmo para darem preferência para a base original (Deepin) ou mesmo outra base que também venha com o DDE.

1 Curtida

A única coisa que eu achei realmente estranho foi o fato de dizerem estar usando uma versão e expondo recursos de uma versão mais antiga. É como se eu testasse o Ubuntu 20.04 e falasse dos recursos da 16.04. Fora o fato de dizer que uma coisa grátis é paga, entre outros, dizer que indicaria outra distribuição X pois possui mais recursos que a que estou testando, ocultando que a versão mais nova da distribuição testada possui novas tecnologias. Em fim, coloquei este post aqui para discutir os erros reais da análise, mas como você disse, o “EU PREFIRO” é livre, independente da verdade sobre o que está a testar.

2 Curtidas

Assisti o vídeo do “dr” Bill (ele tem doutorado em que?) e não percebi nada de errado.

Eu mandei o vídeo pra mostrar que logo depois da análise do distrowatch alegando que o Linuxfx é uma distribuição “paga” e que não existia mais possibilidade de Downloads, existem vários reviews do Linuxfx na internet. Quis dizer que se é pago, como estão fazendo review do sistema. Estou apontando uma diveregência entre as informações fornecidas com a realidade. Não estava focando no review do Dr maluco em si, mas pela data do vídeo pode ver que foi depois da análise deles (distrowatch).