[Análise] Jogo Flare – The Empyrean Campaign

Recentemente zerei o jogo Flare – The Empyrean Campaign e decidi fazer uma análise dele. É a primeira análise de jogo que elaboro e não irei me ater ao desempenho do jogo x especificações técnicas do meu hardware e SO. Espero que seja de proveito ao leitor e ficarei grato se tiver dicas úteis para futuras análises.

Flare é uma engine de código aberto, multiplataforma, para RPGs de ação em 2D isométrico (a perspectiva de visão do jogo é similar ao dos jogos clássicos da série Diablo), licenciada sob a licença GPL3. A campanha Empyrean Campain é um jogo completo, que funciona sob a engine Flare. Além desta campanha que pode ser adquirida por padrão junto a engine Flare, há possibilidade de instalar MODS para prolongar a experiência de jogo com Flare. Nesta análise, vou me ater somente a campanha que joguei e finalizei, embora possa considerar que o jogo é de certo modo infinito, pois após terminar o jogo seu save se mantém e você pode farmar itens e xp pelos mapas finais.

A campanha possui alguns pontos positivos que, na minha humilde opinião, merecem mais atenção do que os pontos negativos. Dentre os pontos positivos, começo pelo preço do jogo (engine + campanha) que é gratuito para baixar, jogar e até modificar (afinal de contas é de código aberto) se quiser. A jogabilidade de início é um pouco confusa, mas funciona bem, com um sistema de combate em tempo real. A campanha se mantém como um RPG de ação moderado, diferente de RPGs de ação em que você sai matando muitos inimigos simultaneamente com dano em área e sofrendo pouco dano. Os gráficos 2D isométricos simulam bem um efeito 3D de determinado ângulo da câmera e traz uma certa nostalgia do clássico RPG Diablo.

Apesar de ter pontos positivos que podem ser atrativos, identifiquei um número maior de pontos negativos, digo isso infelizmente. Para começar a falar deles, a campanha só possui uma raça (humano), você só pode escolher dentre 3 classes iniciais diferentes e não há subclasses. Apesar de possuir um mini mapa no canto da tela, não possui um mapa geral para uma melhor orientação geográfica (em alguns mapas em que há + possibilidade de escolha entre caminhos diferentes eu me perdi algumas vezes). São pucos os npcs disponíveis na campanha, a maioria sendo vendedores. Se em determinado momento do gameplay você se arrepender de como distribuiu seus pontos de status ou habilidades, literalmente se ferrou, pois não há um item ou npc que tenha a função de resetar os pontos de habilidade ou de status (se possui está tão oculto que não fui capaz de encontrar em mais de 10 horas de gameplay). Em pouco mais de 8 horas de gameplay, foram poucas as missões que tive que fazer para avançar na campanha. Mas o que coloca tudo a perder é seu enredo, que é pouco envolvente, o que é uma falha grave para um jogo de RPG, por outro lado, a jogabilidade compensou um pouco esta falha.

Por fim, acredito que esta campanha foi criada pelos desenvolvedores da engine para promover a engine, não para se tornar um memorável jogo de RPG eletrônico. Ainda assim, a campanha pode divertir um público pouco exigente com relação ao enredo do jogo, a diversidade de npcs, missões, raças ou classes. Acredito que em novas versões haverá acréscimo de material no jogo, o que poderá torná-lo um pouco mais interessante. No entanto, para que se torne uma campanha de RPG memorável, será preciso acrescentar uma história mais rica, com npcs mais interativos e missões bem diversificadas.

Curiosidade: há um jogo chamado FlareX Immortal Best RPG Old Style like Lod Titan disponível para Android. Não cheguei a jogar, mas pelo que vi em um vídeo é praticamente o mesmo jogo da campanha que fiz a análise, com poucas modificações.

baixei e to jogando pra ver como é

1 Curtida

Legal, editei agora o post e coloquei como curiosidade a existência de uma versão para Android.

@dhcc31 to testando os mods para o jogo agora, o Demoniac UI altera alguns elementos gráficos que fazem parecer um pouco o Mmorpg Mu e o Polymorphable é praticamente um jogo a parte.

o jogo n me segurou muito