Ajuda com instalação (Mint+Win10) em 2 SSD separados

Olá pessoal.
Gostaria de tirar algumas duvidas e também ter dicas sobre a instalação do Linux Mint juntamente com o Win10 em SSDs separados.
Tenho um Ryzen 5 1600 com 16gb RAM.

Primeiramente fiquei em duvida sobre qual seria melhor pra mim PopOS, Mint ou Ubuntu.
Acabei escolhendo o Mint. Se tiveram alguma sugestão de distro…

Eu sou um dev junior mas sempre utilizei o win10 com wsl2 que funciona muito bem.
Comprei um NVMe M2 de 256gb para colocar um Linux nele e utilizar para programar, vou deixar o outro ssd com o win10. Para dados tenho um HD de 1TB dividido em partições.

Minhas duvidas são:
1- Instalo normalmente no NVMe m2 o linux e o GRUB vai reconhecer e deixar eu selecionar entre o Mint e o Win10? Mesmo o Win10 estando em outro HD?

2- Eu quero que seja algo totalmente separado do win10, que a instalação não afete em nada o win10 no outro ssd, por isso até prefiro que eu troque a inicialização direto na BIOS ao invés de usar o GRUB, é possível isso, não instalar o GRUB?

3- Vale a pena instalar com o /home separado em uma partição do HD de 1TB? Os programas como VSCode e outros que instalar ficaram mais lentos dessa forma?

4- É necessário ou recomendado ainda usar partição SWAP sendo 16gb ram e NVMe M2? Se sim quantos mb? Não sou um usuário hardcore que mantem varias coisas abertas nem faço edições de vídeo, apenas usarei para VSCode, programar, e uso diário como acessar websites, etc.

Obrigado!!

Rapaz, espero que alguem te ajude com suas outras questões, mas essa daqui eu já testei e posso te ajudar!

Quando você coloca a /home no HDD a depender da velocidade dele, os programas ficam um pouco mais lentos sim. Na minha experiência, quanto mais programas e coisas (como jogos e vídeos) eu colocava no HDD, mais lento ficava a inicialização dos programas, chegando até mesmo a travar o meu sistema.

Quanto as outras, eu nem arrisco te ajudar porque seriam apenas achismos.
Te desejo boa sorte ai! ^^

Obrigado pela ajuda. Eu quero usar uma partição separada apenas pra guardar arquivos, ja tenho uma partição NTFS pra isso , será que posso usar ela? o Linux reconhece normalmente pois ja testei, só nao sei se é aconselhavel fazer isso.
o /home é pra onde vai os downloads que voce faz nos websites, torrents, nao é? Mas pelo jeito arquivos de programas instalados tambem vao pra ele o que deixa os programas lentos certo?

Ja aviso que sou um iniciante em linux, porem ja passei por algumas coisas. Pelo menos vou tentar de responder.

OBS: nunca usei o Mint

1- Quando eu usava o fedora(SSD) e o Windows10(HD), no boot sempre aparecia a opção de escolher ambos, mesmo estando em discos separados.

2- Sim, quando meu pc está iniciando eu fico com o botão F11 precionado ate aparecer um pequeno menu, nele vc escolhe qual sistema iniciar (sempre usei assim, acho mais facil que configurar o grub)

3- Separar a home é mais questão de poder formatar o disco sem precisar apagar os arquivos da home. Crio que so muda a velocidade se vc colocar em discos diferentes, mas se a partição permancer no mesmo disco não tem alteração na velocidade.

4- Sempre é recomendado ter SWAP. A SWAP depende de quantos programas vai ficar aberto e qual o consumo do programa. Já escutei o povo falar que deve ser o dobro de ram, porem eu sempre usei apenas 2G SWAP aqui no meu archlinux, tambem nunca precisei de SWAP, pq tenho bastante ram.

Os programas instalados não vão para home, apenas as configurações que vc faz nele. Exemplo: as contas que vc logou no seu navegador, o tema que vc colocou nele…
Os downloads vão na pasta de downlods da home, porem vc pode mudar isso no priprio app que estiver usando

Obrigado !!
Talvez nao seja possivel desabilitar o grub né e deixar só a bios comandar o boot entre um e outro.
Eu só quero uma partição pra salvar arquivos, que nao exige velocidade, por isso o HD de 1TB, ele ta em NTFS, o linux “vê” ele e permite abrir os arquivos, nao testei salvar os arquivos e copiar, mover, tambem nao sei se é aconselhável usar desta maneira.
Então 16gb de ram, no win10 raramente uso mais que 8gb, nao vou usar pra jogos e nem coisas pesadas, por isso acho que o SWAP nunca vai ser preciso, e entao nesse caso nao seria necessario?

grub ele faz mais do que apenas poder trocar de sistema, ele possui outras funções, mesmo vc não usando ele para selecionar qual o sistema ira usar, “vc tem que ter ele no sistema”

O linux é desenrolado, o cara aceita qualquer tipo de arquivo, até o NTFS do windows, porem nunca vi usar ele no sistema, so se vc usar para salvar e copiar arquivos importantes. Porem aconselho se for o caso, usar o formato Fat para fazer copias, documentos. pois qualquer sistema é capaz de ler e escrever no fat. Assim como os pendrives, sempre são formatados no fat

Não seria necessario usar SWAP, porem é recomendado, coloque 2G, so para ter. SWAP serve para quando o pc estiver em suspensão, para alocar os programas aberto

1 curtida

Entendi, acho que muita coisa só mesmo testando mesmo né.
Apesar de eu nem por pc em hibernação entendo que o SWAP é algo bom para o linux em todo caso.
Obrigado!

Eu tenho certeza que provavelmente vc nunca vai usar essa SWAP, se caso vc não quiser colocar, não tem problema, se um dia perceber que precisa dela é so colocar. O legal do linux é que muita coisa é possivel adicionar depois

Swap (Português) - ArchWiki Essa pagina do ArchWiki explica muito bem sobre SWAP

Obrigado pela ajuda !!!

Aqui está o problema: se juntos nunca separados. :laughing: Ademais, tendi sim sua situação, já passei por ela e tenho uma questão a acrescentar no seu tópico. Vamos lá…

Primeira regra: Windows instala primeiro!
Isto não quer dizer que ele deve estar no /dev/sda0?
Entendeu? Caso não, dá uma vista aqui: …procurando… achei: https://www.youtube.com/watch?v=6D6L9Wml1oY

1 curtida

@luhsil

Apenas complementando que, partições no formato FAT aceita arquivos de até 4GB. Se precisar colocar arquivos maiores que 4GB terá que utilizar NTFS ou exFAT…!!

1 curtida

Entendi, Obrigado!