A importância das atualizações em sistemas operacionais

Confira o post completo no blog: https://diolinux.com.br/linux/linux-mint/atualizacoes-do-sistema-mint.html

É realmente tão importante manter o seu sistema sempre atualizado para a última versão? Entenda qual é a importância das atualizações nos sistemas operacionais.

3 curtidas

Atualização = Adaptação a Atualidade ou Adaptação ao Futuro.

A maioria das atualizações são os dados que circulam na internet. Os computadores tem de se adaptar, atualizar para continuarem funcionando. Exemplo, antigamente o A era 100111 hoje o A é 101. Estes dados mudam toda hora por vários motivos, concorrência entre empresas gigantes, ataque e defesa de hackers, segurança, quanto mais pessoas usando maior o número de conflítos e problemas, hardware novos etc… Tudo isso tem de estar sempre se adaptando, atualizando. Por exemplo: por que que o A mudou para 101? Porque invadiram por ele quando ele era 100111. Agora que ele é 101, então a mesma ação aplicada antes não irá funcionar.

Mas temos atualizações que são focadas ao hardware, otimizando eles, fazendo eles ficarem mais eficientes, correção de erros específicos de fabricação, etc.

Raro nos dias de hoje mas, se eu tenho um computador que nunca acessa a internet e está funcionado para o propósito então ele não vai ter problemas. Vamos supor que eu tenha um arsenal de vídeos nele, mesmo que o computador seja de 1997 ele vai continuar funcionando. Mas a partir do momento que eu baixar um vídeo da atualidade ae a coisa muda pois os dados são diferentes, o modo que os interpretadores comparam estes dados, são tudo diferente. O A antes era um tipo de dado, hoje é outro tipo de dado.
E quando este computador é conectado na internet então, xiiii não vai conseguir fazer quase nada, vai sofrer com infecções, até se adaptar a atualidade. Edited: Além de que ele vai atrapalhar todos que estiverem circulando nesta mesma internet. Edited/

Agora ao meu ponto de enxergar, temos 2 jeitos de entender Atualizações:

1st - Adaptar se a Atualidade: É oque fazem as Distros LTS, Windows, Mac, IOS, Android. Atualizam com oque está funcionando atualmente. Adaptamos os computadores aos formatos que circulam os dados 0 e 1 na internet hoje.
2nd - Adaptar se ao Futuro: Sistemas Operacionais do tipo Bleeding Edge e Rolling Release. Eles se adaptam ao futuro mas isso tem seus riscos pois como é algo do Futuro, tem vezes que poderão não funcionarem conforme o esperado até serem desvendados os jeitos que funcionarem melhor.

Então o mais importante para a maioria na minha visão é, se atualizar sempre de acordo com a 1st opção, os LTS, todos os dias se possível, pois são estes dados que circulam atualmente na Internet e são nestes dados que o computador precisa trabalhar.
Já quem tem gosto pela área de TI, como eu, e aceitam os desafios desta área então a 2nd opção é a mais interessante talvez. Pois elas futuramente irão ser tornar as “Atualidades” e quanto mais usuários mais rápido o Futuro se torna Atualidade.

Edited2:
Correção de erros de Português, peço perdão por esta falha. Excelente matéria! Deveria fazer parte oficial da grade escolar em todos os anos! Pois se todo mundo se atualiza-se, adapta-se a atualidade a Internet seria muito mais Eficiente, Rápida e até mesmo mais barata!
Edited2/

:pray:t2:

6 curtidas

A primeira coisa que faço ao ligar o notebook é verificar se tem alguma atualização disponível.

4 curtidas

“Sistemas Operacionais” é muito amplo, logo a pergunta do post tem várias respostas

A resposta é… depende, vai usar pra fazer tarefas diárias? Em uma empresa? Trafegar dados sensíveis? Jogar? Atualiza, é obrigatório, sua segurança está em jogo além disso vai tirar melhor proveito do hardware em caso de jogos


Pooooor outro lado, tem n pessoas que só querem reviver PCs velhos pra usar o Office, um terminal de acesso a serviços limitados, servidor de arquivos que podem ser públicos… Atualizar pode ao invés de ser uma benção pode ser uma maldição, o sistema pode simplesmente nem dar boot, pode ser necessário gastar algumas centenas de reais periodicamente e o mais curioso, pode ser necessário comprar hardware:

Além disso, uma pausa pra falar algo sério:

As aplicações que você utiliza no seu computador ou smartphone hoje em dia, são certamente muito mais avançadas e oferecem um número bem maior de recursos quando comparadas às suas versões de poucos anos atrás.

A esmagadora maioria das vezes as novas versões cheias de novos recursos, ou são recursos inúteis, ou ferram com hardware antigo por focarem nos novos, experimenta pegar um smartphone de 2016 e força um hardreset, o smartphone vai ter basicamente o mesmo desempenho que um lançado esse ano com os apps nativos, mas atualiza o app pra ver… vira uma carroça e as distros Linux não fogem disso

  • Mesmo ganhando aquele super teclado RGB que tem as teclas mais duras que um de 15 reais, você perde suporte ao hardware, a maior partes dos adaptadores/placas de rede RJ45->USB, adaptadores Bluetooth, leitores NFC… que funcionam em PCs antigo não suportam Windows posteriores ao 7 nem Linux 3.x ou posterior

  • E ainda sim, tem os casos onde o PC é um terminal de acesso para softwares Offline, como fazer checklists, uso de suites office, algo só pra anotações, impressão direta… no geral nem acesso a internet os computadores tem, além de terem especificações muito baixas pra qualquer sistema “user friendly” atual e pior os computadores ficam a quilômetros de distância… pois é… tem muuuuuuuito caso assim

Nesse caso, ou desembolsa uma grana em um PC novo ou quebra toda a estação de qualquer forma, em ambos os casos vai só aumentando o volume de resíduo computacional despejados no planeta

3 curtidas

Eu também! O Discover é excelente nesse quesito, ele atualiza o dpkg, flatpak e snap, e de quebra ainda atualiza os temas e widgets que você instala. Minha distro é o KDE Neon.

1 curtida

Então, caso sua máquina seja muito antiga e não tem como instalar nada relativamente atual (pense em um pc que só suporta 32 bits), aí não tem muito o que ser feito. Não gosto de utilizar um sistema desatualizado, mas nesse caso não há nada que possa ser feito.

Agora, se o usuário doméstico tem um computador que suporte sistemas de 64 bits e rodam eles com tranquilidade, não vejo motivo para não atualizar. E nem pense em seguir dicas de canais de Free Fire que criam vídeos pra falar asneiras como “Não ative a atualização automática” “Crackeia tudo que não vai dar nada”, a maioria desses canais só sabem formular uma frase por causa do corretor automático, logo, não merecem credibilidade.

Agora se o usuário usa Linux, dá uma olhada sempre que possível nas suas atualizações, vê se tá tudo em dia especialmente com os softwares open source, pois direto tem correções que melhoram falhas (mesmo que você nem tenha notado).

Eu deixo as máquinas da família com openSUSE Leap atualizando automaticamente. Para o perfil de usuário típico, o risco é baixíssimo. Já estão assim há vários anos e nunca tive problemas.

Acho que o Windows 10 é um pouco inconveniente pela forma que as atualizações funcionam e são comunicadas, mas perto do pandemônio de antes, com usuários negligenciando completamente as atualizações, as mudanças que têm sido introduzidas pelo 10 são benéficas.

Para máquinas de 32 bits mais antigas, acho que depende de muita coisa. A máquina precisa se conectar à Internet? Se sim, precisa estar atualizada, mesmo que isso exija utilizar um Linux menos intuitivo ou mesmo um BSD da vida.

1 curtida